- O Santo Lugar

O Tabernáculo media 13.5 m (45 pés) de comprimento e 4.5 m (15 pés) de largura, e era dividido em dois espaços chamados Santo Lugar e Santo dos Santos. Dentro do Santo Lugar, existiam um candelabro, a mesa de pão, e o altar de incenso, enquanto dentro do Santo dos Santos, a Arca do Testemunho e o propiciatório foram colocados.

Composto do Santo Lugar e o Santo dos Santos, o Tabernáculo era cercado de todos os lados por tábuas de madeira de acácia que media mais ou menos 70 cm (2.3 pés) em largura e 4.5 m (15 pés) de altura. E na entrada do Tabernáculo, havia cinco colunas de madeira de acácia revestidas com ouro. A própria entrada, pela qual entrava no pátio exterior do Tabernáculo, era feito de uma tela tecida de fios azul, púrpura, e escarlate e tecido de linho finíssimo.

No pátio exterior do Tabernáculo, existiam sessenta colunas erguidas, cada uma medindo 2.25 m (7.4 pés) de altura. A entrada do pátio, que estava ao leste, também era tecida de fio azul, púrpura, e escarlate e tecido de linho retorcido, e só pela passagem dessa entrada do pátio exterior podia alguém entrar no pátio do Tabernáculo. Neste pátio do Tabernáculo estava o altar de holocausto e a pia.

Passando por estes dois, alguém podia então encontrar a entrada do Tabernáculo, bem alta com 4.5 m (15 pés) de altura. Esta entrada do Tabernáculo tinha cinco colunas, cujas cavidades eram feitas de bronze. Como a entrada do pátio do Tabernáculo, a entrada do Tabernáculo também era feita de uma tela tecida de fios azul, púrpura, e escarlate e tecido de linho finíssimo e erguidos por ganchos de ouro colocados no topo das cinco colunas. Esta tela era a divisão que separava aparte de dentro e fora do Tabernáculo.

Deus habitava dentro do Tabernáculo construído com 48 tábuas. Deus manifestava Sua presença para o povo de Israel com uma coluna de nuvem de dia e de fogo pela noite por cima do Tabernáculo. E dentro do Santuário, onde Deus habitava, a Sua glória enchia o lugar. Dentro do Santo Lugar, havia a mesa de pão, o candelabro, e o altar de incenso, e dentro do Santo dos Santos, tinha a Arca do Testemunho e o propiciatório. Estes partiam - dos limites dos lugares para o povo de Israel; só o sacerdote e o Sumo sacerdote podiam entrar - nesses locais de acordo com o sistema do Tabernáculo.

Todos os utensílios dentro do Santuário eram feitos de ouro; o candelabro era dourado, e a mesa de pão também era. Como todos os artigos no Santuário e suas três - paredes de lados eram da mesma forma feitas de ouro puro, dentro do Santuário sempre brilhava o resplandecente esplendor do ouro.

 

Dentro do Santuário como brilhava o resplendor do ouro diz a nós que os santos salvos vivem suas vidas preciosas de fé dentro de Igreja do Deus. Os santos que vivem em sua fé no evangelho da água e o Espírito são como o ouro puro presente no Santuário. A vida que tais santos que vivem dentro do Santuário é a abençoada vida que habita na Igreja, se alimentando da Palavra de Deus, orando e louvando, e que vai diante do trono de Deus e é revestido em Sua graça diariamente, tudo através da Igreja. Esta é a vida de fé dentro do Santuário. Você deve tomar isto para seu coração de que só os íntegros que foram salvos pelo evangelho da água e o Espírito podem viver esta preciosa vida de fé dentro do Santuário.
 
postado por.
pr.Hipolito Cesar 
Comments