GENESIS 12:3-5

Abraão chega em Canaã - Fase III


V-3.
Deus prometeu Abraão uma amizade especial. Iria abençoar os que o abençoarem e amaldiçoar os que os amaldiçoarem.

A bênção que lhe foi concedida um dia uniria às famílias divididas da terra, e mudaria a temível maldição pronunciada sobre a terra, devido ao pecado, transformando-a numa bênção para todos os seres humanos.

V-4.
Então Abraão aos setenta e cinco anos, obedeceu ao apelo do Senhor, sem reclamar das condições que teria que enfrentar após sua partida.

V-5.
Abraão era um homem próspero, sua riqueza consistia principalmente em grandes rebanhos de gado e manadas de ovelhas.

Mas sua prosperidade de nenhuma maneira foi um obstáculo para sua vida de comunhão com Deus.

É verdade que com freqüência a riqueza se torna um obstáculo na vida de quem a possui de tornar-se qualificado para o reino de Deus

Quando uma pessoa próspera financeiramente se apresenta como vaso nas mãos de Deus, e usa a riqueza que lhe foi confiada para a honra de Deus e para o seu reino, então a riqueza é uma bênção e não uma maldição.

Saindo da região de Harã, a grande caravana foi movendo-se lentamente para o sul, esta viagem lhe significou uns 720 km.

A terra de Canaã incluía a Palestina, a Fenícia e a Síria meridional (ver com. de cap. 10: 19).

Abraão se estabeleceu na parte meridional de Canaã - Nas cidades de Siquem, Hebron e Gerar.

Em Cristo;
Postado por
PR.HIPOLITO CESAR
Comments